terça-feira, 31 de maio de 2011

segunda-feira, 30 de maio de 2011

-

ME ERRA  ;@
É muito fácil dizer que a dor do outro está sendo superestimada, enfatizada demais, que é drama, exagero. Difícil é dar uma palavra de conforto a essa pessoa e se mostrar disposto a ajudá-la.
É fácil afirmar que problema mesmo é o que você está vivenciando, que isso sim é motivo para se estar triste, quando nem sabemos, realmente, pelo o que o outro está passando.
Julgamos, julgamos e julgamos. Mas quantas vezes procuramos saber o que realmente está se passando? Brigamos quando quem está ao nosso lado mais precisa é de carinho e atenção.
Exigimos, muitas vezes, a mudança no comportamento dos outros, mas é totalmente descartável a possibilidade de ser um pouco mais flexível e tentar adequar-se (só um pouco) a vontade das outras pessoas.


Talvez um dia o encanto acabe e o elo que nos une seja quebrado.! Pode ser que as cobranças se tornem constantes e as brigas sejam frequentes. Discordaremos de coisas que concordávamos outrora, a tolerância não será mais a mesma. Pode ser que seus olhos não brilhem mais ao me ver, e meu coração não bata mais forte ao ouvir seu nome.! Veremos que a  sintonia que tínhamos foi perdida.! A cumplicidade não será mais a mesma, e iremos perceber que um abismo foi criado entre nós. Não teremos a sensação de que o tempo corre devagar quando estamos longe, de que as horas são tão longas.! Em algum momento iremos nos decepcionar, então perceberemos que não somos "perfeito" como pensavamos. Os defeitos que antes eram quase imperceptíveis se tornarão visíveis. Perceberemos que não somos tão parecidos.! Não seras mais o causador dos meus sorrisos bobos, nem conseguirei dizer as palavras que lhe arrancaram suspiros em outros momentos.! Juras de amor não serão mais trocadas e lembraremos que o pra sempre, sempre acaba.!

# E se esse dia chegar, se essa hipótese se tornar realidade... Eu quero que você tenha a certeza de que, todos os "EU TE AMO" que eu lhe disse, foram sinceros e que não me arrependo de tê-los dito.! Prometo que guardarei os bons momentos. Lembrarei de você com carinho, com lagrimas nos olhos, e sussurrarei baixinho...NUNCA DEIXAREI DE TE AMAR.!

domingo, 29 de maio de 2011

Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.! ♥
 
-
Entre por essa porta agora, e diga que me adora,
você tem  meia hora pra mudar a minha vida, 
Vem...vambora, que o que você demora é o que o tempo leva...
Ainda tem o seu perfume pela casa, ainda tem você na sala,
Porque meu coração dispara? Quando tem o seu cheiro ♫

.
 Há tantos caminhos a minha frente mais nenhum que eu possa chamar de meu, a tantos dedos apontando a direção mais os meus nada tem a declarar. A milhões de palavras que me deixam no chão entre duas que tentam me reerguer. A uma guerra entre as acentuações onde a interrogação canta vitória. O mundo parece girar mais rápido do que de costume e os ponteiros apostam corrida enquanto minhas duvidas aumentam. É tempo de escolhas, de passos largos rumo ao horizonte, eu tenho 360 dias para escolher todo o meu futuro e eu me pergunto si estou pronta para isso.!

re.nun.ci.ar
1.       (transitivo)
·         recusar aquilo a que se tem direito
·         rejeitar, não querer
·         abjurar, abnegar
·         abrir mão de

# isso eu  não faço.!


sábado, 28 de maio de 2011

Eu vou gostando, eu vou cuidando', eu vou desculpando', eu vou superando', eu vou compreendendo', eu vou relevando', eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar.!
(Caio F. Abreu)
~ Se o meu coração for falar de amor, pode acreditar que ele vai chamar seu nome.!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Igualzinho ao que acontece com todas as pessoas, num trecho ou outro da estrada, eu já senti tanta dor que parecia que os golpes haviam me quebrado toda por dentro. Não sabia se era possível juntar os pedaços, por onde começar, nem se o cansaço me permitiria movimentos na direção de qualquer tentativa.! Quando o susto é grande e dói assim, a gente precisa de algum tempo para recuperar o fôlego outra vez. Para voltar a caminhar sem contrair tanto os ombros e a vida. Um espaço para a gente quase se reinventar.!

O tempo passa. O fôlego retorna. Parece milagre, mas as sementes de cura começam a florescer nos mesmos jardins onde parecia que nenhuma outra flor brotaria. A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo. # E ele chega.!

Ana Jácomo
Como é bom criar uma expectativa. Parece inevitável.. Basta um sinal e lá vamos nós nos apegar aquela esperançazinha por menos que seja.! Fazer planos com algo concreto é coisa para os medrosos, os atrevidos criam histórias com aquilo que não existe mesmo.! Somos conduzidos pela nossa vontade e mais do que disposição é preciso muita coragem para abraçar nossas loucuras. Não importa se o amor não vingou, se o emprego não rolou, se ficamos na vontade. Apostamos naquilo e ponto.! Somos escravos dos nossos sonhos e por eles topamos qualquer desafio, corremos todos os riscos,  inclusive o da frustação.! Criamos expectativas porque acreditar é delicioso, e por mais que o chão seja um lugar mais seguro, nada como balançar os pezinhos láááááá no alto. ^^  E quer saber...porque duvidar?! Vai que o dia aquele plano decola mesmo.! Aí não vai ser você o primeiro a atrapalhar por medo de altura, vai!? *___



Quando as dores forem mais fortes que você, reaja.! Sinta seu pulso pulsar. Tanta gente doente, com deficiência, problemas sérios de saúde, mas que erguem a cabeça e continuam a pulsar. Por quê você, uma pessoa forte, cheia de saúde deve parar? Não mesmo. Só você tem a cura do seu vício de insistir nesta bobagem de que você não é ninguém. Até o fim vamos tentar. Quantas vezes já tivemos problemas que pensamos ser impossíveis de resolvê-los? E hoje olhamos e vemos como eram simples. Às vezes dificultamos nossos problemas com nossos medos e nossa ansiedade. Basta termos paciência. Havendo sol ou não, ainda haverá saída. Estás vendo lá no fim deste quarto escuro? Eu estou! Há quem diga que sonhar não vale a pena, que ter esperança não adianta. Infelizmente... o pouco ainda é pouco. Por quê será, né? Não sei. Estou tentando saber... Vai ver o pouco será sempre pouco. O que realmente nos importa é saber que a sós ninguém está sozinho. Se você quiser seguir sozinho, a decisão é sua, mas você continuará sendo "pouco"!  

.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Ele: Ela parece estar bem… Parece ter superado nossa última briga, e parece ter seguido em frente. Talvez eu devesse fazer o mesmo. Ela sorri o tempo inteiro, e me pego fazendo o mesmo, tentando enganar não os outros, mas a mim. Tentando me convencer de que não sinto sua falta. De que não desejo ter ela em meus braços novamente. Meses já se passaram, e estou procurando em outras o que só havia nela. Nenhnuma delas tem o seu perfume, tem o seu toque, o seu jeito maroto de sorrir, de me encantar. Nenhuma delas me faz sentir tão bem, como ela fazia. Eu deveria ter esquecido, como ela parece ter feito. Mas ainda a amo, e trocaria todos esses dias vazios, por mais um ao seu lado. Eu sinto sua falta, mas ela não percebe isso.!

Ela: Ele acha que estou bem, mas não estou. Estou sorrindo e tentando fingir que nada mais relacionado a ele me afeta, quando afeta. Afeta e machuca, e me faz querer gritar para que todos que ainda dói, e que não sei como fazer isso parar. Ele parece ter me esquecido. Passa reto, desvia o olhar, sorri para as outras. Ele não sabe a dor que me causa. Meses se passaram, e não consigo olhar para os outros da mesma maneira que olhava para ele. Talvez o problema tenha sido eu. Talvez eu devesse parar de reviver nossos momentos, de tentar buscar sua voz, seu toque, seus beijos. Eu devia superar, assim como ele fez. Mas ainda o amo, e faria tudo de novo só para ficar ao lado dele mais uma vez. Eu sinto sua falta… Mas ele não percebe isso.!
Quando digo que estou carente, não quer dizer que quero abraço ou beijo de qualquer pessoa. Mas sim daquela pessoa, mesmo que seja um olhar, um sorriso, uma palavra.!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

“E que a minha loucura seja perdoada. 
Porque metade de mim é amor e a outra metade… também.”
 
 
 
Brilhando em vida, Sorrindo à toa,
Só vibrando amor e paz
Sinto a noite, Penso em você
Lembro como é bom amar


Sorri, sou rei (Natiruts) 

 

terça-feira, 24 de maio de 2011

Como tantas outras vezes, estou reclamando. Diga-me que eu tenho razão ou me desarme de uma vez, por favor. Reclamo de tanta ingratidão, pela falta de reciprocidade. Por que tem de ser assim? Não consigo entender, assim como não compreendo a que luz eu ainda enxergo. Tudo continua escuro, entretanto tenho me adaptado ao local depois de alguns meses assustadores. Eu só não consigo entender essa falta de atenção, falta de cuidados em que eu tenho medido palavras, tenho sido cautelosa e quando pede um singelo retorno continuo no escuro. Depositar tanto carinho e atenção e ainda esperar retorno é tamanha burrice.! E eu, continuo reclamando, como tantas outras vezes. Queria não estar esfriando dessa forma, queria deixar passar como tantas outras vezes, dar minha "lição de moral" e esperar mais uma vez alguma mudança... Não é a primeira vez, sabes. Não está dando pra engolir mais, me desculpe. Me desculpe deixar morrer o que existia e não ser mais quem você conheceu. Desculpe, mas tamanha burrice nos levaram a isso.
- Vejo mais uma página sendo arrancada do calendário e nenhuma nova data sendo circulada. Assim, sendo hoje, posso escrever uma nova história? Tenho esse direito. Com novos personagens e sem mentiras. Eu só preciso de uma nova caneta, papel, um novo suspiro e uma boa pitada de sal. Tudo está onde deve estar e o que me falta é dar um passo à frente. Entretanto me desculpe, eu não sei que muralha é essa que está erguida ao meu redor. Mas eu sinto que algo está mais próximo, alguém está por perto, posso senti-lo e até vê-lo por uma brecha, e quando a noite cai o silêncio me atordoa, mas atordoada permaneço atenta, até onde me conheço, essa sorte eu mereço., ou nao.! 


domingo, 22 de maio de 2011

Trago lágrimas, sorrisos, histórias, abraços… trago momentos felizes, momentos de decepção. Carrego pessoas, amores e desamores, amigos e inimigos, desafetos, paixões… Não sou um livro aberto, mas também não tão fechado que você não consiga abrir, basta ter jeito, saber tocar as páginas, uma a uma, e descobrirá de que papel é feito cada uma delas.” (CFA)



(…) pode fazer um pedido. Ou três. Sempre faço. 
Quando são três, em geral, esqueço dois. 
Um nunca esqueci. Um sempre pedi: Amor.

sábado, 21 de maio de 2011

Não são mais os meus olhos que me entregam, mas sim esse sorriso de canto de boca, que eu tenho carregado no rosto desde o dia que você chegou. É você, que me causa essa alegria que me vem tão fácil e que é tão bonita exatamente por não ter muito como se explicar. Mesmo sem saber ao certo o que é nem o que poderá vir a ser, eu acho lindo o modo como tudo é recíproco, das coisas que se sabe e também a maneira como as certezas me chegam, aos poucos, embrulhadas em papéis brilhantes de tranqüilidade. Às vezes, eu acho que parecemos não ser mesmo dessa vida. Em algum lugar, em algum livro de alguém lá em cima, já devia estar escrito que nos reconheceríamos. Deve ser por isso que eu tenho essa confiança gratuita tão completa e tão repleta de segurança, que somente quem não vive na superfície das coisas tem. Eu não tenho medo, eu não tenho pressa, eu só tenho vontade de te ter por perto e de segurar os ponteiros do relógio para que eu possa aproveitar cada pedacinho de você. Eu poderia ficar aqui pra sempre, deitada, te vendo sair dos meus pensamentos e se transformando na adrenalina que sacode o meu corpo, fazendo eu me sentir menos culpada por não ter tentado ser feliz antes. Tem tantas coisas que eu gostaria de te mostrar, que eu gostaria que fizéssemos juntos. De todas essas coisas, a minha vontade maior é de te dizer: Segura minha mão e não solta nunca tá?

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Não queria mais enfrentar essa selva de pedras em que estamos sujeitos a encarar todas as nossas longas vinte e quatro horas. Queria acordar ver o mar... Acordar? Melhor dizendo, não dormir a contemplar o mar. Essas cores cinzas tem me desmotivado, sobretudo fizeram-me sonhar em busca de um futuro bonito. Sem exageros, tudo bem simples, onde eu possa sentir aquela brisa do mar na minha pele ardente depois de um dia de sol. Sentir o que é realmente estar numa maré, - não de azar - uma maré que jogue fora os meus pontos de interrogações e os substitua por reticências. Nessa brincadeira de não ter e tendo, sonhos compatíveis a serem realizados juntos ao sol.!
Será que esses são os sintomas? Os mais visíveis, talvez. Tem algo preso em minha garganta, talvez tenha sido o comprimido que tomei para essas dores ou talvez eu esteja perdendo o fôlego. As borboletas voltaram? E assim, continua algo preso em minha garganta.Estou tão confusa, não sei muito o que dizer, só estou tão feliz por essas cinzas terem surgido. Não quero parecer tão fraca, mesmo que estejamos a dez milhas de distância.Assumo o quanto é estranho, mas em contraponto estava sentindo falta desse cuidado, que me deixa boba, é calmo, bom e surreal; estou perguntando pro Papai do céu se é de verdade. As cinzas mais coloridas que já vi. # Talvez eu esteja vivendo um sonho californiano.!
 
 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Sentado à beira do mar, resolvi escrever seu nome na areia. E, toda vez que eu escrevia, a onda vinha e apagava. Teimei e continuei escrevendo o seu nome.! Comecei a acreditar que, se o seu nome fosse apagado, o nosso amor também estaria sendo levado pelas ondas. Batalhei com o mar, até que ele foi secando, até não poder mais alcançar o seu nome. Foi então que cheguei à conclusão e percebi que não importaria se o seu nome fosse apagado, porque a marca do nosso amor já está em nossos corações. É necessário tão pouco para sentir-se mais perto.! É necessário tão pouco para as lembranças se confundirem e voltarmos do ponto de onde paramos.!
Tem dias que bate uma tristeza e em vez de pensar no que fazer antes que o relógio dê meia-noite, seria melhor adiantá-lo para não ter que sair da cama. Não precisar encarar os problemas, nem precisar pensar neles. Aqueles dias que já começam perdidos, que só seriam salvos com um abraço apertado e um colo de alguém que se ama, e por mais palavras que sejam ditas, apenas o silêncio serve de consolo. São dias que apenas existiram para serem esquecidos, e por mais que se tente isso, eles insistem em perseguir nossa memória. Dias que temos que ser bons atores, para não mostrar a ninguém que se passa por algo, e que as únicas pessoas que poderiam nos ajudar normalmente são as mais distantes físicamentes.! 
# Dias que não se contam como um dia a mais de experiência, e sim um dia a menos de vida.! (u³


' E repito: andei pensando coisas sobre o amor, essa palavra sagrada.! O que mais me deteve, do que pensei, era assim: a perda do amor é igual á perda da morte. Só que doi mais.! Quando morre alguém que  você ama, você se dói inteiro - mas a morte é inevitável, portanto normal. Quando você perde alguém que você ama, e esse amor - essa pessoa -  continua viva, há então uma morte anormal. O NUNCA MAIS de não ter quem se ama  torna-se irremediavel quanto não ter NUNCA MAIS quem morreu. E dói mais funfo- porque se poderia ter, já que está vivo. Mas não se tem ... '

EU TE AMO, porque TE AMO.!

"Amor é estado de graça e com amor não se paga." Nada mais falso do que o ditado popular que afirma que " amor com amor se paga". O amor não é rigido pela lógica das trocas comerciais. Nada te devo. Nada me deves. Como a rosa que floresce porque floresce, EU TE AMO porque TE AMO.!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Vem cá. Me faz feliz, você sabe, você pode. Me abrace em noites frias. Diga estar sempre ao meu lado quando a tristeza bater à porta. Não me abandone, você prometeu, não foi? Cumpra. Sorria. Sinta. Feche os olhos, estarei bem aí. Não tá sentindo? Seu cabelo arrumadinho, agora está bagunçado. Seus lábios não estão mais tão secos. Eu estou aí. Eu disse. Deve estar se perguntando sobre a distância, como fiz para chegar tão rápido até você.. Foi o amor, a vontade, meu eu num todo. Ele te deseja, não sabes?! Deseja muito. A todo instante, hora, minuto, segundo. Eu penso, ô se penso. Penso em ti, em nós. Penso em como estaremos daqui uns anos. Morando juntos, amando juntos, sorrindo juntos, e por fim, realizando tudo o que sempre desejamos e imaginamos.. juntos. Bom, eu disse, não foi?
 
É confuso, é difícil, é instável, é alegre, é triste, é amizade, é discordia, é maduro, é infantil, traz paz, raiva, insonia e sonhos belos. Te deixa sonhador, te deixa bobo e pode te levar a lágrimas por qualquer coisa. Incrível o poder do amor e toda a sua capacidade de variar a qualidade dos nossos dias.!
Cedo ou tarde toda espera tem seu fim, porem ás vezes não sentir, é o único meio para sobreviver. 
Só que quem AMA nao SE cansa de ESPERAR !



...saudade vem acalenta o meu silêncio.! (8)

.

sexta-feira, 13 de maio de 2011




Quem é de verdade
Sabe quem é de mentira
.!




Sentimentos *_*

Por mais triste e confuso que possa parecer, eles são verdadeiros.  Eles existem e os carrego aqui comigo, sem que necessite de definições. Também é difícil pra mim explicar, também é difícil entender.
   De repente me pego tomada por uma forte emoção que logo se traduz em minha face, deixando marcas confusas. Só queria entendê-los, traduzi-los. Apenas sinto algo forte que insiste em sair da garganta. Sinto-me tomada por uma série de sentimentos que vão e vem sem cerimônia nem justificativa.
   Tenta entender-me, mesmo que seja quase impossível. Não me deixa sozinha. 
Sim, um dia passa. Sempre passa.
   Enquanto isso, espero seu abraço apertado nas horas mais difíceis e suas mãos macias para enxugar as lágrimas que insistirem cair. 

terça-feira, 10 de maio de 2011


 

Meninos tímidos me encantam,
você me encantou e junto, o meu coração.! *______*

Posso ser doce, gentil, educada, verdadeira, meiga, simpática, legal e boazinha. Também posso ser perversa, manipuladora, sarcástica, irônica, perigosa, venenosa. Mas é você quem escolhe a maneira da qual devo agir com você. Só pensa duas vezes antes de fazer a sua escolha.! ME DEIXA EM PAZ.!

PS: Essa é pra vc garotinha das visitas e ligações anônimas.
ME ERRA

 

segunda-feira, 9 de maio de 2011


'Às vezes dá vontade de desistir de tudo, não sair mais de casa, dormir e dormir.
Acabo sempre acordando cedo no dia seguinte, continuando tudo da mesma forma, na verdade não sei bem pra quê. "


Ontem?! Chorei :'(

Ontem chorei..Por tudo que fomos.! Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu.! Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi.! Pela renúncia. Por valores não dados.! Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas. Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado.! Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido.! Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda-roupa.! Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa.! Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento.# sem saber onde chegar e sem deixar de te amar.!

domingo, 8 de maio de 2011

SAUDADES :(


Me deu saudade de você
Me deu vontade de surpreender
De fugir, pra ir te ver
Ficar contigo, se perder...




quinta-feira, 5 de maio de 2011

 

 # Tudo o que eu faço é pensando no melhor pra você, maas nem sempre sai como planejado, PERDÃO por eu ser assim: estabanada, nervosa, atrapalhada, ciumenta, desastrada, falastrona, mimada e te amar demais.! ;$









Quero crescer, me desprender, ver acontecer.  
Quero sumir, mas quero talvez ficar
Quero sorrir, mas eu também preciso chorar. 
Eu preciso de contradições, mas talvez não precise. 
Necessito da dúvida, mas desejo que ela suma. 
Mãos aos céus, olhos ao chão, clamo ao amor, expulso a solidão.!

Me peguei pensando em você, a saudade veio me avisar que um amor maior que o seu está difícil de encontrar, confesso que fui eu ao telefone, mas não tive coragem de falar... Baby, essa distância me consome, não consigo acreditar.!

.Harmonia do Samba

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Talvez meu grande problema seja eu me importar demais com as pessoas. Esperar que elas tenham por mim a mesma consideração que eu tenho por elas. Querer protegê-las quando elas não sentem a necessidade de serem protegidas, ou melhor, quando elas já tem outras pessoas aparentemente melhores do que eu pra fazer isso por elas. Não tá tudo bem. Não tá tudo ok. Também, como é que poderia estar tudo bem, tudo ok, quando as pessoas que eram suas maiores prioridades te trocam e te colocam em último lugar? E quer que eu te conte qual é a grande verdade em tudo isso? 


# É que algumas pessoas dão mais valor a quem parte o coração delas em pedaços do que pra aqueles que dariam a própria felicidade pra vê-las felizes.!


FELICIDADE (...)

(…) Esse talvez seja o sentimento mais difícil de se decifrar.!

Todo mundo busca, a todo momento, mas ninguém consegue explicar ao certo o que realmente o faz ou faria feliz. O conceito de felicidade é único pra cada pessoa, a sua felicidade não é igual a do outro.
Cada um tem que buscar a sua própria. E ela é possível, e não está longe, está bem dentro de nós. Aristóteles, um dos grandes pais da filosofia contemporânea, disse que a felicidade é a maior meta do homem. O que acontece com a maioria das pessoas é que elas acreditam que a felicidade tem que ter uma representação hollywodiana, virar roteiro de filme. E isso faz com que elas passem a vida buscando grandes coisas que os deixam felizes. Mas a felicidade está nas coisas mais simples, costumamos muitas vezes ler isso nos textos de reflexão, e é a mais pura verdade. A nossa vida não é sempre um comercial de margarina. Temos nossos momentos de raiva, de dor, de tristeza, de medo. Precisamos ser sempre felizes, mas não precisamos estar sempre felizes. Sim, uma coisa é estar feliz, outra, sê-lo.! Desde a Grécia Antiga, os filósofos estabeleceram essa diferença entre ser e estar feliz. Fica-se feliz com uma promoção no trabalho, com uma surpresa inesperada, com um beijo de quem se gosta, uma mensagem carinhosa. Mas para ser feliz precisa de coragem. Deixar o medo para trás e começar a transformar-se, começar a aceitar que ela está dentro da gente e em mais nenhum lugar.!
É conseguir conjugar o verbo ser muito mais vezes do que o ter. As conquistas que nos fazem felizes são aquelas que nos permitem crescer enquanto seres humanos. A felicidade faz parte de nossa essência, podemos transmití-la a todos que nos cercam e assim desfrutar com maior alegria nossa existência.!

.
# A Felicidade é longa para quem consegue entender as pequenas felicidades.!

terça-feira, 3 de maio de 2011

• Numa atividade em sala de aula a professora pergunta:

Professora: Qual personagem de conto de fadas vocês querem ser?

Aninha: Eu quero ser a princesa Fiona, do Shrek.!

Professora: Mas por que? Você não quer ser a Cinderela, ou outra mais bonita?

Aninha: Não. A Fiona é a mais bonita. Ela se aceita como ela é, diferente de todos como eu, pra viver com quem ela realmente ama e que também ama ela de verdade. Ela tem um burro que fala, isso não é mais legal do que cavalos tia? Veja só, ela é feliz e não precisa de castelos nem de um homem bonito por fora. Eu queria um Shrek pra mim. Queria que alguém me aceitasse por quem eu sou. E ele me ensinou que eu não preciso ser perfeita pra ter um final feliz.!

# Eu tenho o meu  Shrek *_*
e vc, tem o seu ? 

Ele tem que dançar charmoso (pra compensar o fato de eu ser pessima), ser engraçado (isso me conquista), ser calmo, porem macho (ou seja, nao explodir por nada, mas tambem nao calar por tudo). Tem que ser meio artista, meio bobo, mas tambem tem que saber cuidar dos meus problemas burocraticos (me enrrolo toda), fofo, cheiroso, ser sério (so quando precisar), sincero, honesto (é importante) e romantico!. Tem que me amar todos os dias e me olhar com aquela cara de "te quero por toda vida".! 
 Ah, nao precisa SER, você ja É, e é por isso que eu sou  tão apaixonada por ti.!